A nossa História

A Escola Gente Pequena foi inaugurada em setembro de 1996, com um ambiente familiar e a valência de Pré-escolar.

Em 2007 a escola foi adquirida por uma jovem proprietária que deu início a uma série de melhorias quer ao nível das instalações, quer ao nível do pessoal docente.

A partir desse ano começaram também a funcionar o berçário e a creche.

Três anos mais tarde, e após notórias melhorias físicas, a antiga proprietária teve de se ausentar de Portugal e cedeu a escola à gerência atualmente em funções.

A partir de setembro de 2010, começou uma nova fase de desenvolvimento da escola Gente Pequena, em que se procura integrar a melhoria continua do ambiente físico, com a construção de um Projeto de Ensino sólido, norteado por princípios de exigência, valorização do trabalho e do esforço individuais e valorização dos alunos como seres únicos que necessitam para progredir de um ambiente seguro, tranquilo, e ao mesmo tempo estimulante.

É nossa prioridade estabelecer uma relação de continuidade entre a escola e a família, que acreditamos ser fundamental nesta fase inicial de desenvolvimento da criança.

A Equipa

Acreditamos que uma boa equipa é condição fundamental para um ensino de qualidade, não apenas ao nível pedagógico mas também ao nível social e humano.

Por isso apostamos numa equipa sólida, coesa e experiente. Uma equipa verdadeiramente vocacionada para as crianças nesta fase da sua educação.

Somos uma equipa dinâmica e empreendedora, sempre em busca de novos métodos e estratégias, de novas formas de ensinar a crescer.

A Escola Gente Pequena baseia-se em princípios de transparência com os pais, mantendo as suas portas sempre abertas para os receber. Encorajamos o contato diário e direto entre pais e educadores, processo essencial na construção de laços de confiança entre família e escola. Desenvolvemos um trabalho de continuidade com os pais promovendo diversas atividades de convívio na escola.

Queremos ser uma escola de referência pela qualidade da nossa equipa.

Teresa Dias
Diretora
Vanessa Araújo
Diretora Pedagógica/Educadora
Vera Mota
Educadora
Sofia Barradas
Auxiliar de ação educativa
Paula Cruz
Cozinheira/Auxiliar de ação educativa
Madalena Lages
Auxiliar de ação educativa
Marlene Neves
Auxiliar de ação educativa
Vera Costa
Auxiliar de ação educativa
Patrícia Galupa
Educadora
Patrícia Cruz
Auxiliar de ação educativa

Horários e Serviços

Horário de Funcionamento

2ª a 6ª feira das 7h00 às 19h00

Encerra ao fim de semana e feriados (Nacionais e Municipal)

 

Calendarização

A Escola funciona durante todo o ano, com as seguintes exceções para o ano letivo 2021/2022:

Dia 24 de dezembro 

Dia 31 de dezembro

Dia 1 de março (terça.feira de Carnaval)

Dia 18 de abril (segunda-feira de Páscoa)

Actividades e Serviços

A Escola Gente Pequena desenvolveu um conjunto de serviços, incluídos no valor da prestação mensal, que pretendem satisfazer as necessidades diárias de crianças e pais.

Creche:

  • Expressão Musical (com professora de música especializada no ensino para crianças)
  • Artes Plásticas
  • Expressão Corporal
  • Ética e Boas Maneiras
  • Dias Temáticos

Pré-Escolar:

  • Expressão Musical (com professora de música especializada no ensino para crianças)
  • Iniciação ao Inglês
  • Informática Divertida
  • Expressão Corporal
  • Artes Plásticas
  • Horta Pedagógica
  • Ética e Boas Maneiras
  • Dias Temáticos
  • Material didático e de desgaste
  • Serviço de Refeitório (almoço e lanche)

A instituição dispõe de atividades e serviços extra, não incluídos no valor da prestação mensal.

  • Farda da Escola (Bibe, T-shirts e Chapéu obrigatórios a partir dos 12 meses)

Possibilidade de optar por mensalidade com:

  • Alimentação
  • Produtos de Higiene (fraldas, toalhitas e pomada)

Alimentação

As refeições são confecionadas na escola.

A nossa alimentação é completa e variada.

Todo o processo de compra de ingredientes frescos, armazenamento, condições de higiene e segurança e finalmente confeção encontra-se certificado pelo sistema HACCP.

A alimentação pode ser fornecida pelo colégio, ou pelos Pais, conforme tipo de mensalidade escolhida.

As ementas são afixadas semanalmente para informação dos pais.

Sopa
Canja com massa (1)

Refeição
Sala 2 Anos e Pré-Escolar:
Arroz à valenciana
Sala 1 Ano: Arroz de frango c/ cenouras e ervilhas

Sobremesa
Fruta da Época

Sopa
Puré de feijão

Refeição
Salada russa com atum (3,4)

Sobremesa
Fruta da Época

Sopa
Sopa de alho francês

Refeição
Carne de porco à portuguesa com brócolos

Sobremesa
Gelatina

Sopa
Puré de legumes

Refeição
Bacalhau espiritual (4)

Sobremesa
Fruta da Época

Sopa
Creme de cenoura

Refeição
Almondegas com puré e salada

Sobremesa
Fruta da Época

Alimentos alergénicos: 1 – Cereais com glúten; 3 – Ovos; 4 – Peixes; 6 – Soja ; 7 – Leite

Alimentos alergénicos: 1 – Cereais com glúten; 3 – Ovos; 4 – Peixes; 6 – Soja ; 7 – Leite

Parcerias

A Escola Gente Pequena tem vindo a celebrar 2 tipos de parcerias:

– Parceria com serviços dirigidos a crianças, em que garantimos condições especiais de acesso para as nossas crianças.

Image module
Image module
Image module
Image module
Image module

– Celebração de um conjunto de protocolos com algumas entidades, que permitem aos seus colaboradores aceder a condições especiais na frequência da escola. Caso a sua empresa não tenha acesso a este tipo de protocolo entre em contacto connosco.

Image module
Image module
Image module

Projeto Educativo

O Modelo Educativo da nossa escola tem vindo a ser adaptado às novas realidades e necessidades das nossas crianças e da sociedade em que se inserem.

Este modelo tem como inspiração o High Scope, e foca-se no desenvolvimento e exploração das competências de cada criança individualmente.

Os princípios básicos que formam o enquadramento da abordagem High Scope são:

  • A aprendizagem pela ação: As crianças agem, colocam questões, procuram as respostas e criam novas estratégias. Se as crianças tiverem oportunidades constantes para fazer escolhas e tomar decisões, constroem o conhecimento que as ajuda a dar sentido ao mundo. Neste modelo não há lugar para a transmissão de conhecimentos, mas sim para a construção de um currículo baseado na aprendizagem pela experiência (Hohmann e Weikart 2004). As vivências do dia-a-dia são muito importantes para a criança, sobretudo se as mesmas forem positivas e daí as crianças possam tirar grande significado e prazer.
  • Interações adultos-crianças: Outro aspeto crucial deste modelo é o papel dos adultos na interação com a criança. Os adultos têm a função de apoiar. observar e participar, preservando a autonomia da criança enquanto ator da sua aprendizagem (Gonçalves 2008). A aprendizagem pela ação depende das interações positivas entre os adultos e as crianças. A criança precisa que o adulto equilibre a liberdade e os limites de que dispõe baseando a sua relação em confiança, segurança, reforço positivo e na resolução de conflitos em conjunto.
  • Ambiente de aprendizagem: Neste modelo é dado um grande enfase ao planeamento da atividade da sala e à seleção dos materiais apropriados. O Espaço é um espaço organizado, com materiais diversificados e facilitadores da aprendizagem, distribuídos por áreas de interesses que permitam à criança a realização constante de escolhas  e tomadas de decisão.  É cuidado e arrumado pelas crianças.
  • Rotina Diária: Os adultos devem planear uma rotina diária, que apoie a aprendizagem ativa. A rotina diária é estruturada com o base no planear-fazer-rever, ou seja, as crianças sentem-se seguras podendo antecipar o que vai acontecer a seguir, o que lhes dá uma sensação de controlo sobre aquilo que fazem. Desta forma, as crianças podem expressar as suas intenções, colocando-as em prática e podendo refletir depois sobre o que fizeram.
  • Pequeno Grupo / Grande Grupo: Nesta metodologia defende-se também a organização de tempos de trabalho em:
    • Pequeno grupo: privilegia a exploração e experimentação de materiais selecionados pelo adulto, com base na observação dos interesses das criança.
    • Grande grupo: No tempo de grande grupo iniciam-se atividades de música, movimento, apresentação e representação de histórias, jogos, reflexões coletivas e projetos.

A avaliação é fundamental em todo este processo, para podermos construir e apoiar o trabalho realizado com base nos interesses e competências de cada criança. Esta avaliação deve ser feita de forma contínua, ao longo de todo o percurso das aprendizagens realizadas pelas crianças. Através da avaliação, o educador consegue aprofundar, ajustar ou reformular as suas estratégias de ação, as suas atitudes, capacidades e saberes.

Desta forma, o educador recorrerá, na sua prática pedagógica a vários instrumentos da avaliação (reflexões sobre o grupo de crianças, planificações semanais, registos fotográficos, vídeos e trabalhos realizados), para a observação e para os processos de tomada de decisão, planificação e implementação de atividades

Finalmente  e para concluir,  salientamos que o High Scope é o modelo pedagógico que consideramos mais próximo daquilo que defendemos para as nossas crianças, mas não o aplicamos na integra, uma vez que consideramos que existem outras metodologias de trabalho muito interessantes, que podem complementar este modelo educativo. Assim, sempre que necessário, o modelo pode ser adaptado e ajustado, de acordo com as necessidades e características de cada grupo e de cada criança.

Regulamento Interno

Creche
Pré-escolar

Alvarás

Licença de Funcionamento Creche – Nº 06/2015/Centro Distrital de Lisboa
Licença de Funcionamento Pré-Escolar – Nº 01.0049/DREL